Notícias

06 de outubro de 2017 às 16:35h

Roadshow na FIEPI esclarece sobre atuação da Sudene

O Superintendente da SUDENE Marcelo Neves, fez um breve relato sobre a atuação da instituição

A Federação das Indústrias Estado do Piauí em parceria com a Superintendência de Desenvolvimento do Nordeste (SUDENE) e a Associação Nordeste Forte realizaram nesta sexta-feira (06) um Roadshow para debater estratégias de desenvolvimento do Nordeste tendo como parceiras instituições como o Banco do Nordeste do Brasil, o BNDES e ApexBrasil.

O evento que teve como tema: Investimento e Desenvolvimento do Nordeste foi aberto pelo presidente da FIEPI, Zé Filho, que falou aos empresários sobre a importância do fortalecimento da SUDENE e dos diversos órgãos de fomento para o desenvolvimento da indústria piauiense.

“Precisamos fazer os serviços e as linhas de financiamento chegarem às nossas indústrias e ao empresário piauiense. Essa iniciativa da SUDENE de se colocar à disposição da Associação Nordeste Forte é muito importante para nós”, destacou Zé Filho.

O Superintendente da SUDENE Marcelo Neves, fez um breve relato sobre a atuação da instituição destacando a estratégias utilizadas para atração de mais investimentos para a região Nordeste. Ele encerrou sua fala mostrando uma pesquisa que ressaltou indicadores que precisam ser melhorados na região e que devem ser alvo de investimentos por parte do Governo Federal.

“Estamos muito satisfeitos com essa parceria com a Associação Nordeste Forte e a CNI e todas as instituições parceiras. Temos percorrido todo o Nordeste porque entendo que ainda precisamos de muitos investimentos para que possamos diminuir as desigualdades regionais”, pontuou.

O Roadshow alcançou seu objetivo, na opinião do diretor de Assuntos Econômicos da FIEPI, Freitas Neto. Ele destacou a contribuição dada aos empresários, pois possibilitou troca de informações, debates e sugestões que podem contribuir com a alavancagem da economia do Nordeste.

“Foi muito positivo esse debate e o superintendente da SUDENE Marcelo Neves, a sua equipe e as instituições parceiras foram muito acessíveis e abertos ao diálogo. O saldo é positivo para a FIEPI, para os empresários e para o Piauí”, destaca Freitas Neto.

Comentários